A CLÁSSICA SILHUETA DE MICHAEL JORDAN GANHARÁ UMA VERSÃO LUXUOSA

O PRIMEIRO MODELO DE TÊNIS ASSINADO PELO EX JOGADOR DE BASQUETE ESTÁ PRONTO PARA INGRESSAR NO MUNDO DA MODA.


Parece que finalmente as marcas de high end fashion chegaram aos sneakers. Após o anúncio da colaboração entre Adidas com a Prada , um novo modelo do Air Jordan 1 foi revelado. Mas não se trata de um modelo qualquer, a nova colorway é uma parceria entre a Nike e a Dior, empresa francesa de alta costura e controlada pelo grupo LVMH.


Após muitos rumores sobre a colaboração, na noite de 03 de dezembro, através do Instagram do rapper americano Travis Scott, as primeiras imagens do tênis foram reveladas. O artista compartilhou uma foto já com o tênis no pé, porém eram poucas informações conhecidas até o momento.


Durante o pré-lançamento da coleção de Outono de 2020 da marca francesa em Miami, mais detalhes da silhueta clássica utilizada por Michael Jordan foram divulgados. Assim como a Prada, a Dior é conhecida pela qualidade dos materiais utilizados em seus produtos, e isso não ficaria de fora da colaboração.


O tênis é feito de couro branco e cinza Dior, cor exclusiva da marca. O conhecido símbolo do “Air Jordan” foi substituído pelo “Air Dior”. O swoosh, logotipo clássico e icônico da Nike, vem acompanhado da estampa clássica da Dior, presente em diversos artigos da marca. O tênis possuií inúmeros outros detalhes que elevam a qualidade e a exclusividade do modelo.


A história de Christian Dior


Christian Dior foi o fundador da conhecida marca que leva seu sobrenome, empresa que faz parte do império LVMH . Em 1946, na cidade de Paris, a história começou a ser costurada. Já em sua primeira coleção de roupas, Dior foi considerado como um revolucionário por conta dos traços e características inusitadas para a época.


Além das peças de roupas, a Dior se destaca também pelas fragrâncias. A primeira foi lançada em 1948, juntamente com a primeira loja em Nova Iorque. Nos anos seguintes, a marca foi se expandindo, sapatos, cachecóis, malas e joias foram lançados sob a assinatura da empresa.


Após a morte de Christian em 1957, o jovem francês de 21 anos Yves Saint Laurent foi nomeado como diretor da empresa. Porém, após 6 coleções lançadas foi chamado para servir ao exército; com isso, Marc Bohan, um designer muito mais conservador, perfil procurado pela marca, assume a direção da empresa em 1960.


Após o lançamento de novas linhas de produtos e dificuldades financeiras, em 1984 um grupo de investidores, liderado por Bernard Arnault, responsável pelo grupo LVMH, adquiriu a marca Christian Dior.


Atualmente, a empresa permanece controlada pelo grupo de Arnault. Com diversas linhas de produtos, a expansão da marca continua acompanhada da fama e desejo dos amantes da moda.


O que já sabemos sobre a parceria com a Jordan Brand


Até agora não se sabe muito sobre a coleção entre Jordan e Dior. O que acaba por atiçar mais ainda os fãs de moda.


Sabemos que a quantidade de pares produzidos será extremamente baixa quando comparado à um lançamento comum da marca americana. Não se sabe ao certo, mas algumas fontes alegam que serão cerca de 1.000 unidades a serem produzidas na Itália e distribuídas em países selecionados. Até o momento não temos informações se o tênis será lançado em território brasileiro.


O lançamento oficial deverá ocorrer entre abril e junho de 2020, e o preço sugerido de retail, ou seja, nos pontos de venda do varejo, será de 2.000 dólares. Na plataforma de compra e venda de sneakers, StockX, o valor do tênis aumentou de forma inacreditável: o preço de venda para samples, que são amostras não comercializadas, estão chegando perto dos US$20,000.


Ficaremos de olho na coleção, assim como mais colaborações nessa linha.


0 visualização
  • Facebook
  • Instagram - Grey Circle
  • Spotify - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle

ARK ©