5 CURIOSIDADES DE WILT CHAMBERLAIN

MAIS RÁPIDO QUE JOGADORES DA NFL? LUTA CONTRA MUHAMMAD ALI?


O saudoso Wilt Chamberlain foi um dos maiores astros da história da NBA, e acabou muito conhecido por causa de seus inúmeros recordes e estatísticas absurdas. Separamos aqui alguns fatos que talvez muitos não conhecem, tanto sobre o que ele fez dentro, quanto fora das quadras.


1- Membro do Harlem Globetrotters

No final da década de 50, após Wilt Chamberlain completar seu penúltimo ano na Universidade do Kansas, o pivô já desejava participar de competições profissionais e não mais universitárias.


O problema é que, na época, para o atleta estar elegível para o draft da NBA, ele deveria completar sua graduação. Sendo assim, Chamberlain optou por atuar profissionalmente com os Globetrotters enquanto terminava seus estudos.


Chamberlain fez parte da histórica turnê de 1959 na União Soviética, onde conseguiram vender todos os ingressos para um jogo festivo no Estádio Central de Lenin, em Moscou (estádio da primeira e última partida da Copa do Mundo 2018).


Em março de 2000, meses após sua morte, os Globetrotters aposentaram a camisa de número 13 em sua homenagem.


Fonte: Wikipedia

2- Fenômeno do atletismo

Após receber mais de 200 ofertas de bolsas estudantis de universidades por todo os EUA, Chamberlain optou por Kansas porque ele foi autorizado a fazer parte do time de atletismo também.


Com 2,16 metros de altura Wilt foi capaz de correr os 100m rasos em 10,9 segundos, além de também competir e vencer campeonatos no salto em altura e salto triplo.


Para colocarmos em perspectiva, testemunhas oculares confirmam que Chamberlain já apostou corridas de 40 jardas contra a lenda da NFL Jim Brown, um dos melhores running backs da história, e ganhou as duas vezes que disputaram.


Fonte: The Washington Post

3- Wilt Chamberlain vs Muhammad Ali, a melhor luta que nunca aconteceu?

Em 1971 Chamberlain desafiou Muhammad Ali pelo cinturão dos pesos pesados. Seria a luta que mais movimentaria dinheiro até então e o evento aconteceria no famoso Madison Square Garden, com Jim Brown como promotor oficial do evento.


A luta não ocorreu porque enquanto a temporada da NBA ainda estava em andamento Ali perdeu pela primeira vez na carreira, em 1971 contra Joe Frazier. Dessa forma, não havia mais a possibilidade do cinturão em jogo.


Depois disso, o conceito da luta foi perdendo o propósito; Chamberlain já estava no fim de carreira na NBA e afirmou que não lutaria com Ali, pois seu pai, um grande fã de lutas, o aconselhou a não aceitar o desafio e sim treinar seu arremesso livre.


Fonte: Heritage Auctions, HA.com

4- Mais rebotes do que pontos dos cestinhas de hoje?

O recorde de rebotes em um jogo pertence a Wilt Chamberlain com 55. Isso a maioria já sabe, mas para colocar em perspectiva, vale ressaltar que esse número é superior a melhor marca de pontos de muitos jogadores da atualidade. Sim, pontos, não rebotes.


Até o momento, os 55 rebotes em um jogo de Wilt superam as marcas de melhor pontuação em um jogo de Kevin Durant (54), Stephen Curry (54), Dirk Nowitzki (53), Derrick Rose (50), Paul Pierce (50) e Kevin Garnett (47).


Além dos jogadores mais recentes, Wilt empata com Kareem Abdul-Jabbar (55), supera Charles Barkley (47), Bill Russell (37) e John Stockton (34).


Fonte: Clutch Points

5- Liderou a liga em assistências

Na temporada 1967/68 Wilt Chamberlain somou, ao longo de 82 jogos, 702 assistências. A estatística foi a maior marca naquela temporada, ao mesmo tempo em que ele também liderou a liga em pontos, rebotes, minutos em quadra e aproveitamento de arremessos.


Wilt é o único pivô da história a liderar a liga em assistências.




5 visualizações

CATEGORIAS

CONTEÚDOS

ARK CANAL

REDES SOCIAIS

INSTAGRAM

TWITTER

FACEBOOK

SPOTIFY

TIK TOK

LISTAS / RANKINGS

SOBRE

NÓS

CONTATO